Outras pesquisas


Buscar e compartilhar o conhecimento são ações essenciais para a ampliação de nossa visão de mundo e de nossa percepção da realidade. Compartilhamos aqui informações, relacionadas à diversas pesquisas ou temas, que possam somar, ampliar horizontes e conectar assuntos aparentemente desconexos. Alguns assuntos são mais concretos, outros metafísicos. O objetivo aqui é termos fatias diversas de conhecimento, sem preconceitos. Buscar o novo é sair da zona de conforto e ampliar horizontes.

 

A Trindade, a Cabala e a Alquimia

 

_

O_Alquimista_-_Marcel_Lorange[1] 

Falamos tanto de concretização de objetivos, realização pessoal e prosperidade nesse blog. Algumas pessoas pedem se seria possível falarmos um pouco mais de energias, alquimias, cabala e ocultismo relacionando-os ao desenvolvimento humano. Mas como será que poderíamos relacionar a criação, atração e realização de nossos desejos às ciências ocultas?

Há uns 20 anos atrás eu estava mergulhado em estudos ocultistas e acabei conhecendo as obras de G. O. Mebes, dentre elas o livro “Os arcanos maiores do tarô”. Apesar do meu pouco interesse por assuntos ligados às artes divinatórias na época, eu me interessei por esse livro, pois este resumia muito bem vários temas ligados ao ocultismo. Como eu havia tido uma formação católica em minha infância, eu sempre havia ficado intrigado com o tema da santíssima trindade. Percebi que a trindade era também presente em diversos outros grupos, como por exemplo, dentro da Grande Fraternidade Branca e seus estudos ligados à chama trina. Anos depois, como pesquisador, me deparei novamente com pesquisas sobre a trindade de maneira mais profunda em um seminário do Projeto Portal com Urandir Fernandes de Oliveira. Foi então que percebi que existiam conexões diretas entre a trindade, a cabala, a magia, a alquimia e a realização de nossos objetivos na vida. O objetivo desse texto não é dar respostas prontas. É de explicar para confundir e depois confundir para esclarecer. É gerar um movimento dinâmico entre razão e intuição, gerando um efeito espelho entre o mundo interior e exterior, subjetivo e objetivo, consciência e nível mental.

leia mais

Desmistificando as faculdades paranormais com a física quântica

poderes_mente


Oi pessoal… Hoje iremos falar de assunto bem interessante, mas um pouco polêmico. Falaremos das faculdades paranormais e suas conexões com a física quântica.

Antes que alguns pensem que vamos tratar de crenças populares, de coisas místicas ou religiosas ou outras coisas sobrenaturais e em contradição com a natureza, gostaria de informar que se trata justamente de algo natural, em total coerência com o universo e a física quântica já explica muitos desses fenômenos.

Como vimos no artigo “A realidade da realidade”, aquilo que percebemos com nossos cinco sentidos passa por nossa interpretação e molda nossa visão de mundo e de realidade. Nossas interpretações são baseadas não apenas em nossas experiências de vida, mas também no senso comum, que pode ser formado a partir de informações apoiadas nas mídias, nas ciências e nas crenças religiosas. Quanto mais a pessoa tem a mente aberta para adquirir novos conhecimentos e quanto mais disposta ela está para quebrar paradigmas, mais ela abre sua percepção da realidade (ou das realidades).

leia mais

Sobre a Consciência e o Nível Mental

Conscience



O objetivo deste Post é uma pequena reflexão sobre a consciência e sobre o nível mental, termos tão usados e tão pouco refletidos.

Bom, infelizmente esse Post é mais denso e filosófico que os demais. Eu não quis escrever um texto leve e direto justamente para fazer a consciência e a razão trabalharem. Se você não curte textos densos ou filosóficos, fuja desse Post. 🙂

Começo com uma reflexão do filósofo francês Edgar Morin que diz que « o pleno desenvolvimento da mente (espírito) comporta sua própria reflexividade, quer dizer, a consciência. Sob todos os aspectos, a consciência é o produto e a produtora de uma reflexão ; o termo reflexão pode ser utilizado num sentido análogo àquele do espelho, mas, no mesmo nível da mente, minha reflexão vai além de um jogo óptico : é o retorno da mente sobre ela mesma pela via da linguagem ; este retorno permite um pensamento do pensamento capaz de retroagir sobre o pensamento, e ele permite correlativamente um pensamento de si capaz de retroagir sobre si. A reflexão significa desdobramento daquele que reflete em objeto refletido, e o ponto de vista reflexivo constitui um metaponto de vista com relação ao ponto de vista refletido. A consciência é subjetiva, mas o desdobramento que ela opera permite ao sujeito de objetivar e de tratar objetivamente, em um segundo grau, todas suas atividades físicas e todos seus comportamentos subjetivos ; além disso, o desdobramento da consciência permite à consciência de se tratar objetivamente ela mesma. »
leia mais

As Dimensões e o Plano Astral

Realidade




Ontem estava conversando com um amigo, Alan Fernandes, que é um grande pesquisador em Ciências Paralelas. Ele me perguntou o que eu pensava sobre o plano astral. A pergunta me parecia simples, mas percebi, ao tentar respondê-la, que era um pouco mais complexa. Essa questão toca vários pontos: alguns complexos como a física quântica, alguns polêmicos como as religiões e outros culturais, metafísicos e espirituais. São tantas teorias, dogmas, paradigmas, crenças, experiências, vivências práticas, … Nossa!!! Como saber o que é real? Existe um mundo real e um mundo imaginário? Existe um mundo físico e um mundo espiritual? São coisas distintas?

Temos relatos de pessoas que entram em estados meditativos e que acessam outras realidades. Temos relatos de pessoas que tiveram contatos com seus entes queridos que já haviam falecido. Temos relatos de pessoas que dizem interagir em outras dimensões. Temos relatos de pessoas que oram e recebem mensagens de anjos. O que pensar destas pessoas que juram interagir em outros planos ou dimensões e que ainda recebem informações intrigantes oriundas dessas interações? São loucas? Imaginativas? Mentirosas? Eu acredito que não.

leia mais

A Realidade da Realidade

realite




A maioria das pessoas considera a realidade como sendo a realidade de sua vida cotidiana explicada sobre os modelos científicos em vigência. Qualquer fato inexplicável ou anomalia dentro desta realidade tende a ser descartado como ilusório. Para essas pessoas é mais fácil fazer isso que tentar mudar sua maneira de interpretar o mundo e seus paradigmas.

Um indivíduo se apoia sobre modelos de realidade que tenham sentido para ele. Ele passa a interpretar o mundo e a agir a partir desses modelos. Evidentemente suas decisões e escolhas também partem dessa interpretação. Então a ampliação da percepção da realidade ou a interação em uma realidade multidimensional implica quebras de paradigma, mudanças de concepções e visões de mundo. Pessoas com uma visão de mundo muito fechada não estão abertas a receber e aceitar novas informações e não permitem a seus cérebros de identificar, mapear e perceber novas realidades.

leia mais

O Papel dos Campos Biomagnéticos em nosso corpo e nossa vida

Magnetismo



Algumas terapias holísticas são baseadas no equilíbrio de diferentes centros energéticos ou vórtices de energia do corpo. Esses vórtices são formados onde há cruzamentos de meridianos com fluxo eletromagnético em nosso corpo. Esse fluxo gera correntes de carga elétrica e campos magnéticos. Eu os chamo de campos biomagnéticos. Alguns os chamam de aura e chakras, outros de luz, outros de prana, outros de Chi. Para melhor compreender o papel dos campos biomagnéticos ou campos de energia sutil nas nossas vidas é importante ressaltar que o « reino físico » é somente uma pequena parte de nossa realidade multidimensional. Os campos de energia sutil podem influenciar diretamente em todas as dimensões da realidade. Considero que todos os processos de energização, de manipulação e de equilíbrio dos campos biomagnéticos passam diretamente pela energia (campos eletromagnéticos com vibrações e frequências específicas). De fato, nossas ações, sentimentos, pensamentos e igualmente todos os acontecimentos passam igualmente pela energia. Efetivamente, dentro do universo e suas diferentes expressões, tudo passa pela energia.

A ciência de hoje já utiliza modelos levando em conta a energia. William Tiller, professor da Universidade de Stansford, elaborou um modelo interessante que eu gostaria de apresentar. Segundo William Tiller, a medicina tradicional e as ciências ocidentais consideravam que o « funcionamento » dos seres vivos seria dado pela sequência seguinte de reações:
leia mais

« Page 1 »