Coaching – Como gerenciar frustrações e insatisfações?

Coaching - Mude suas insatisfações

Bom dia meu caríssimo leitor  🙂

Como você se sente hoje? Se você se sente maravilhosamente bem, isso é ótimo e eu desejo que você possa contagiar outras pessoas ao seu redor. Por outro lado, caso você responda “Sim” a qualquer uma das questões abaixo, esse artigo pode te interessar:

1. Você se sente um peixe fora d’água?
2. Você gostaria de quebrar as tendências e mudar o rumo da sua vida?
3. Você está frustrado com algo em sua vida?
4. Você está globalmente insatisfeito com suas coisas?

Caso você entre em um desses casos acima, o objetivo desse artigo é dar algumas dicas de Coaching para mudar o rumo das realizações para satisfatórias e positivas.  🙂

Muitas são as pessoas que não se adaptam às tendências da nossa sociedade e acabam se sentindo peixes fora d’água ou verdadeiros extraterrestres confinados no planeta Terra… O que há de errado com essas pessoas? Sinceramente, na grande maioria das vezes, não há nada de errado com elas. Cada pessoa é única. Ninguém é igual a ninguém. Mas cada um de nós é um ser de luz com um potencial infinito. Nossa sociedade formata os indivíduos e muitos deles se veem obrigados a se adaptar a tendências que não são as suas naturais. Isso pode gerar conflito interno e consequente frustração. Então meu primeiro conselho é: Seja você mesmo! Busque dentro de si sua essência e descubra o que o faz realmente feliz. Não viva a vida dos outros. Construa a sua vida de maneira consciente e positiva, pois o único responsável por tudo o que acontece em sua vida é você.

O segundo conselho é: Goste de si mesmo! Se você não consegue amar a si próprio e se dar o devido valor, como espera que as outras pessoas reconheçam em você um valor que você mesmo não se dá?

Muitas vezes, para se atingir esse objetivo, é necessário trabalhar antigos bloqueios e traumas do passado. São antigas programações psicológicas e emocionais que influenciam diretamente em nossa autoestima e em nossas atitudes, sejam elas conscientes ou inconscientes. A ótima notícia quanto a isso é que toda programação pode ser desprogramada. Se você foi capaz de programar algo no seu passado que está influenciando seu comportamento presente de maneira negativa, você tem plenas condições de desprogramá-lo, neutralizando assim as ressonâncias negativas e reprogramá-lo com algo que gere uma ressonância construtiva e positiva no seu presente e no seu futuro.

Uma vez que os bloqueios do passado foram resolvidos, busque ter uma visão o mais clara possível dos diversos aspectos da sua vida. Veja se você está insatisfeito com algum deles. Identifique quais deles você gostaria de mudar ou melhorar. Importante: Não minta para si mesmo! Seja sincero.

Em seguida, se baseando nos eixos de melhorias que você mesmo pontuou, defina quais são seus objetivos futuros e faça um planejamento passo a passo de como você irá atingi-los. Lembre-se de que, para tal, você irá necessitar de foco, objetivos bem definidos, motivação, planejamento e principalmente ações e pensamentos coerentes com os objetivos fixados. Somos resultado de nossas escolhas e ações e nossos pensamentos é que transformam nossas escolhas e ações.

Com relação às ações é importante ressaltar que a realização somente ocorre no presente. Ficar com o pensamento preso no passado ou sonhando com o futuro não faz as coisas acontecerem no presente. Nesse caso, foco no presente! (cf. artigo “Vivendo no Presente”)

Outra coisa, todo problema tem uma solução. Na verdade o problema já traz em si uma solução, pois a própria definição de problema demanda uma solução. Se você está buscando uma solução e não está conseguindo, mude sua maneira de buscá-la. Se você está fazendo sempre a mesma coisa, não pode esperar obter resultados diferentes, não é mesmo? Nesse caso, faça coisas diferentes para obter resultados diferentes.

Esteja aberto a conhecer pessoas que possam contribuir positivamente na sua vida. Lembre-se de que semelhante atrai semelhante. Evite se frustrar com as pessoas.

Frustrações estão relacionadas às expectativas que colocamos nas pessoas ou em objetivos em nossa vida. Evite as expectativas. Ao invés disso tenha metas, objetivos e ações coerentes para atingi-los. Dessa forma você estará vibrando com cada pequena realização. A felicidade não está no objetivo, mas em cada pequena realização.
Já disse Margareth Lee Runbenk: “A felicidade não é uma estação aonde chegamos, mas uma maneira de viajar”.

Quanto melhor for sua comunicação, maiores as chances de você ser compreendido e menores as possibilidades de um mal-entendido (cf. artigo “Dois Pesos, Duas Medidas“).

Doe para o universo aquilo que você gostaria de receber. O universo está sempre em movimento. Acompanha este movimento e busque estados de equilíbrio dinâmicos.

Sempre que tiver uma idéia, acredite nela e execute as ações coerentes para realizá-la. Isso já aumenta muito sua concretização. Sua prosperidade depende da certeza que você tem de atingí-la.

Não duvide de suas capacidades. Acredite em você. Eu acredito.  🙂